2004 – Dom da Palavra

Começa a implantação

Dom da Palavra teve início no mês de abril de 2004 em Itapecerica da Serra – SP e no bairro Horizonte Azul, em São Paulo – capital.

Em Itapecerica da Serra, a implantação foi uma parceria do Instituto Artesocial com a Secretaria de Educação do Município, que remunerou com horas extras seus professores que participaram do projeto, e contamos com o patrocínio da Associação Beneficente Tobias para remunerar os formadores.

Iniciamos em 16 de Abril de 2004 a capacitação de 32 professores de 8 escolas municipais, de 1ª a 4ª séries. Foram 30 horas-aula em sábados alternados, de 14 em 14 dias, e assessoria individual a cada participante. Esta assessoria foi realizada nas escolas, acompanhando o trabalho de cada um com seus alunos. Neste semestre, o foco da capacitação foi o uso do ritmo e da poesia como instrumentos pedagógicos. Foram responsáveis por esta etapa as professoras Maria Cecília Bonna e Cristina Maria Brigagão Abalos, ambas professoras da Escola Waldorf Micael de São Paulo, e que além de ministrarem as aulas fizeram o planejamento do currículo para este módulo.

Em São Paulo, também realizamos um outro módulo do projeto na Escola Estadual Dom Agnelo Cardeal Rossi, no bairro Horizonte Azul, na periferia da região sul da cidade. Para este módulo não tivemos patrocínio, e o trabalho foi realizado voluntariamente.

O curso teve início no dia 24 de Abril visando a capacitação de 12 professores de 1ª a 4ª séries da mesma escola. A carga horária prevista foi de 15 horas-aula, realizadas em 4 encontros quinzenais. O foco da capacitação foi o uso do ritmo e da poesia como instrumentos pedagógicos. Foram responsáveis por esta etapa as professoras Cecília de Camargo Rinaldi e Helena Würder Birai, ambas professoras de Escola Waldorf Rudolf Steiner.

No segundo semestre as atividades do projeto em Itapecerica da Serra recomeçaram dia 28 de Agosto. Os demais encontros foram realizados nos sábados 11 e 25 de Setembro das 12:30 às 17:00, e 6 de Novembro das 9:00 às 12:00 e das 13:30 às 17:00 horas, sendo que este último dia foi realizado na Escola Waldorf Micael de São Paulo. Participaram deste segundo seminário os professores que tiveram a frequência mínima exigida no primeiro semestre.

O objetivo nesta etapa foi capacitá-los a usar jogral e teatro como instrumentos pedagógicos. O declamar, desenvolvido no primeiro semestre, evolui para o interpretar, focando a sociabilidade, a participação coletiva, o desenvolvimento do senso estético e a vivência lúdica dos conteúdos pedagógicos.

No segundo semestre as aulas foram ministradas pelas professoras Vilma Lúcia Furtado Paschoa e Dora Regina Zorzetto Garcia, docentes da Escola Waldorf Micael de São Paulo.

 

***