2019 – A Pedagogia Waldorf na escola pública

histórico – desafios – perspectivas

por Rubens Salles e Rosineia Fonseca

O objetivo do Instituto Ruth Salles é que esta pesquisa
seja a 1ª etapa de uma estratégia de apoio às escolas Waldorf
públicas existentes e de incentivo à ampliação desta rede.

Pesquisamos o histórico das iniciativas que levaram a Pedagogia Waldorf a ser adotada em onze escolas públicas no Brasil, obstáculos enfrentados, formato de convênios, autonomia pedagógica, como é a formação e contratação de professores, o que deu certo e o que deu errado, e como convivem com as mudanças de gestão nas prefeituras. Também analisamos três iniciativas Waldorf na rede pública que foram descontinuadas, para conhecermos os motivos que levaram a isso, nos municípios de Ubá MG, Espírito Santo do Turvo SP e Ibicoara BA.

Fizemos um relatório para cada escola e cidade, contendo o histórico e os desafios de cada uma, nossos comentários e diversos depoimentos de gestores escolares, gestores públicos, diretores, coordenadores, professores, pais de alunos, parceiros e apoiadores. Fizemos um relatório detalhado e ilustrado sobre cada uma das escolas analisadas, e cada um representa um capítulo deste trabalho. Foram mais de 90 entrevistas, sendo 59 gravadas em vídeo e as demais gravadas em áudios que foram transcritos, e que acompanham os relatórios. Em todas as iniciativas destacamos os aprendizados mais relevantes, e que fazem parte também do Relatório de Conclusão.

Este projeto foi financiado coletivamente em campanha concluída em 18/03/2019. Conheça os apoiadores da pesquisa – link.

Baixe aqui a pesquisa COMPLETA em PDF

ou

Acesse a pesquisa no site neste LINK