Baile no bosque – pentâmetro

poema no ritmo Pentâmetro (5 dáctilos)

de Ruth Salles

Pentâmetro: 5 dáctilos, com pausas em dáctilos dos 3 primeiros versos e nos dáctilos finais de cada verso.

 

BAILE NO BOSQUE

Festa de baile no bosque. Brilha o luar.
Teias de aranhas são harpas. Quem vai tocar?
Elfos dedilham, e vêm as fadas bailar.
Quantas cantigas se ouvem à luz do luar.
Flores balançam, e o trigo se alteia a espiar.
Dentro das casas os homens estão a escutar.
Pensam nas folhas, no vento com seu sussurrar.
Só as crianças entendem que há fadas no ar.
E adormecem sonhando com o baile ao luar.

 

 

***