Bem-te-vi

poema no ritmo Anapesto (curto-curto-longo)

de Ruth Salles

Anapesto: vv___ (curto-curto-longo). Libera a língua. Abre o escutar e desperta o olhar. O ritmo nos carrega, liberando-nos de nossas limitações. Atua da mesma forma que o jambo, só que mais lentamente.

 

BEM-TE-VI

Bem-te-vi a voar, a cantar no jardim,
ele diz que me viu, que me viu bem assim:
com cestinho e chapéu e com vara e anzol,
indo ao rio pescar neste dia de sol.

Bem-te-vi bem me viu e voou e voou
e na beira do rio num ramo pousou.
E piando bem alto voltou a cantar,
com certeza ao peixinho querendo avisar

que me viu bem assim, de varinha e anzol,
indo ao rio pescar neste dia de sol.
De que foi que valeu a linhada lançar?
O peixinho me viu e fugiu a nadar.

 

***