Canção da fada do Brinco-de-Princesa

poema de Cicely Mary Barker
traduzido e recriado por Ruth Salles

desenho de lousa da professora Juliana Nogueira

Oh, Brinco-de-princesa,
florzinha delicada,
que fica uma beleza
na orelhinha das fadas!
Tão elegante e fina,
de que princesa é?
Ou será bailarina
na pontinha do pé?
Sobe, violeta e rubra,
no muro da sacada,
às vezes numa estufa,
toda branca e rosada.
Com a roupa mais bela,
em noite enluarada,
está prontinha ela
para o baile das fadas!

 

 

***