Meninos

poema no ritmo Anfibráquio (curto-longo-curto)

de Ruth Salles

Anfibráquio: v___ v (curto-longo-curto). Dá limites à criança: retrai, solta, retrai.

 

MENINOS

Na escola os meninos, guris barulhentos,
as aulas ouvindo, trabalham atentos:
e falam, e cantam, e pintam, e escrevem,
e a tantas tarefas contentes se atrevem.

Terminam as aulas. Saindo da escola,
na praça os meninos se atiram à bola;
e saltam, e correm, e gritam à-toa,
e esquecem o tempo, que passa e que voa.

Mas logo, cansados de tanta corrida,
se sentam na praça, comentam a vida
e vendo o sol posto, e querendo sossego,
retornam aos lares e ao doce aconchego.

 

 

***