O aluno calculista

Do livro “Matemática Recreativa”, de Malba Tahan

O doutor Túlio, professor de Matemática, para castigar um de seus alunos, jovem vadio e desatento, passou-lhe a seguinte tarefa:

Efetuar a multiplicação de decimais: 2,4142136 x 1,4142136

O aluno, que detestava os cálculos numéricos, notando que as partes decimais dos fatores eram iguais, procedeu do seguinte modo, inteiramente absurdo e errado:

Somou as partes inteiras e conservou a mesma parte decimal. E, muito lampeiro, levou sua conta ao professor e disse:

“Pronto, professor Túlio. Já fiz a sua continha na exata. Tá cem por cento legal. O resultado é 3,4142136.

E correu para o recreio.

O dr. Túlio, que é Matemático (foi discípulo do prof. Lacaz Neto), achou que seria prudente verificar. O garoto havia feito o castigo muito depressa. E o professor, ao efetuar a tremenda multiplicação, descobriu uma coisa realmente espantosa: o aluno, com seu sistema original e disparatado de multiplicar, havia acertado! O produto era exatamente 3,4142136.

A Matemática, na verdade, é uma ciência prodigiosa.

 

 

***