O leão apaixonado

Fábula de Esopo

Certo leão enamorou-se da filha de um lavrador e desejando casar com ela, foi ter com o pai e pediu-a com todas as formalidades. Como era de se esperar, o bom homem negou-lha, ficando pasmado com a estranha proposta.

A fera não se conformou e pôs-se logo a ranger os dentes e ameaçar a todos. O lavrador então achou mais prudente fingir atender aos desejos do leão, evitando assim o perigo. Disse-lhe então que não via inconveniente algum em lhe ceder a filha, mas era preciso que o leão se deixasse arrancar as unhas e os dentes, para que a donzela não se atemorizasse. O leão tão apaixonado estava que não viu nisso inconveniente algum; mas, assim que o lavrador o viu sem armas, o pôs fora de casa a cacetadas.

***