Sessão Solene pelos 100 anos da Pedagogia Waldorf

Discurso de Rubens Salles, representante do Instituto Ruth Salles, na Sessão Solene em homenagem aos 100 anos da Pedagogia Waldorf que se realizou no Auditório Ulisses Guimarães, no Congresso Nacional, no dia 28/11/2019.


Bom dia a todas e todos! Eu gostaria de agradecer à Exma. Deputada Érika Kokay, à professora Luana Angélica Pimentel e a toda equipe do Movimento Txai pelo honroso convite para participar dessa sessão solene, e cumprimento a todos os integrantes da mesa.

O objetivo do Instituto Ruth Salles é contribuir para humanizar e melhorar a qualidade da educação no Brasil divulgando a Pedagogia Waldorf, seus princípios e práticas, e apoiando sua adoção em escolas da rede pública.

Este ano realizamos uma pesquisa junto às escolas públicas que já adotam essa pedagogia, e foi quando eu conheci o lindo trabalho feito pela equipe do Movimento Txai, que desde 2012 luta para criar uma escola Waldorf pública aqui em Brasília. O artigo 206 da nossa Constituição estabelece que “o ensino será ministrado com base no pluralismo de ideias e concepções pedagógicas”. Alguns gestores públicos já se dispuseram a atender a esse direito que a sociedade brasileira tem, e esperamos que sirvam de exemplo para outros.

Nessa pesquisa entrevistei mais de 90 pessoas, entre gestores, professores e pais e todos estavam felizes com as escolas. E sabem por quê? Porque as crianças estavam felizes nessas escolas!

Nelas, cada criança é vista como um indivíduo que deve ser apoiado e incentivado para que consiga desenvolver todo seu potencial, mas sempre respeitando sua maturidade. Hoje em dia infelizmente tentam acelerar esse processo, como se a educação infantil, por exemplo, fosse uma competição para ver qual criança aprende a ler primeiro. Assim se desperdiça a oportunidade da criança poder realmente viver sua infância da forma mais sadia.

Na escola Waldorf, na primeira infância as crianças brincam livremente, pintam, desenham, fazem trabalhos manuais, ajudam a preparar o lanche, ajudam a arrumar a sala, cantam, aprendem a fazer pão, trabalham na horta e fazem várias outras atividades práticas. É a pedagogia do FAZER. Nenhuma criança fica estática na frente de uma televisão na escola. Depois, chegam em casa querendo ajudar os pais nas tarefas da casa, e todos ficam espantados! Essa pedagogia consegue aproximar mais os pais da escola e fortalecer o vínculo entre pais e filhos e entre as próprias crianças. Hoje em dia os pais perderam muito dessa capacidade de ser família, e uma escola humanizada ajuda a realizar esse reencontro.

Nessas escolas os conteúdos são sempre permeados por atividades artísticas, pois a arte se confunde com a própria pedagogia. Quando uma criança faz uma pintura, ou uma escultura, sua vontade individual está sendo desenvolvida, e quando representa uma peça de teatro ou canta junto com seus colegas, sua sociabilidade é que caminha pela arte.

A intelectualização precoce e o foco exclusivo no aprendizado cognitivo estão na base do insucesso da escola convencional. Segundo o INEP, cerca de 828.000 alunos abandonaram o ensino básico público em 2018.

A qualidade da educação, considerada como o compromisso de promover o desenvolvimento do aluno como ser humano completo, que pensa, se sensibiliza, se relaciona e atua no mundo, só se sustenta pela competência, autonomia e dedicação de seus professores. Nenhum livro didático, computador ou recurso técnico substitui a qualidade da relação humana entre um professor preparado, motivado e entusiasmado com seu trabalho, e seus alunos. Nada substitui a palavra falada que vai de um ser humano a outro. A formação na Pedagogia Waldorf dá ao educador a capacidade de realizar esse trabalho, consciente de que precisará se atualizar e auto educar-se por toda sua vida profissional.

Educar as futuras gerações é a principal tarefa da humanidade. É fundamental formarmos jovens com autonomia para decidir seu próprio destino, com capacidade de superar os apelos do consumismo e de atuar com criatividade em prol de um mundo mais justo, fraterno e sustentável. É preciso conseguir que este mundo cada vez mais tecnológico se torne também cada vez mais humano, e a Pedagogia Waldorf com certeza pode dar uma grande contribuição para isso.

Muito obrigado!
Rubens Salles

Para assistir a cerimônia toda veja o vídeo abaixo:

 

 

***