Tag: Princípios

Pedagogia Waldorf – resumo

Um resumo das principais características

A Pedagogia Waldorf foi criada pelo filósofo austríaco Rudolf Steiner, e a primeira escola a utilizá-la foi fundada em 1919 em Stuttgart, na Alemanha. Torna-se mais difundida a cada ano, e já é adotada em cerca de 1100 escolas e 2000 Jardins de Infância em mais de 80 países, nos 5 continentes. Isso porque tem um currículo vivo, dinâmico e integrado, assim como por sua preocupação com o desenvolvimento global dos alunos, suas diferenças individuais e a ênfase em ajudá-los a descobrir suas capacidades e realizar seu potencial. Esse currículo é desenvolvido em bases antropológico/antroposóficas, tendo em vista a evolução física, emocional e espiritual do ser humano.

Veja um resumo das principais características da Pedagogia Waldorf para o ensino infantil e fundamental:

Continuar lendo “Pedagogia Waldorf – resumo”

1 – Introdução – Rudolf Steiner e a Antroposofia

A educação para enfrentar os desafios do futuro

por Rubens Salles

Para conhecer a base filosófica e conceitual que sustenta a Pedagogia Waldorf, assim como aspectos pedagógicos propriamente ditos, sugerimos que leia os posts desta seção seguindo a sequência numérica, como se fossem os capítulos de um livro. O texto não esgota o assunto, mas irá lhe apresentar o alicerce que sustenta o rico universo desta pedagogia, que está em pleno desenvolvimento no Brasil e no mundo, completando 100 anos em 2019. O curso de especialização em Pedagogia Waldorf no Brasil demanda 1.600 horas-aula e 300 horas de estágio.

Continuar lendo “1 – Introdução – Rudolf Steiner e a Antroposofia”

2 – A visão de uma nova sociedade

A trimembração social

por Rubens Salles

A visão antroposófica do organismo social, concebida por Steiner, é um dos esteios da Pedagogia Waldorf, e você vai ver adiante que ela se reflete na própria estrutura das escolas Waldorf. Ela busca responder à seguinte pergunta:

Que sociedade queremos?

Continuar lendo “2 – A visão de uma nova sociedade”

3 – A Escola Waldorf como organismo social

Escolas comunitárias

por Rubens Salles

Por princípio, as escolas Waldorf são escolas comunitárias, criadas por iniciativa de um grupo de pais e professores. Apenas alguns pequenos jardins de infância são mantidos por iniciativa particular independente, e algumas escolas maiores que começaram como escolas particulares, acabaram tornando-se associações, com o passar do tempo.

Continuar lendo “3 – A Escola Waldorf como organismo social”

4 – O professor de classe

A qualidade da relação entre professor e aluno

por Rubens Salles 

No ensino fundamental das escolas Waldorf adota-se o professor de classe, que acompanha a classe do 1º ao 8º ano e ministra as matérias principais (português, matemática, história etc) na primeira aula do dia, com duas horas de duração, todos os dias.

Continuar lendo “4 – O professor de classe”

5 – A concepção do ser humano segundo a Antroposofia

 A ciência do ser humano

por Rubens Salles

A Pedagogia Waldorf se desenvolveu e se realiza levando em consideração que o ser humano é formado por um conjunto de forças que vai além do seu corpo físico, e que precisam ser compreendidas e consideradas para que a educação não seja apenas para ensinar matérias à crianças, mas sim uma ciência para o desenvolvimento humano.

Continuar lendo “5 – A concepção do ser humano segundo a Antroposofia”

Os quatro temperamentos

Desvendando o comportamento humano

por Rubens Salles

A teoria dos temperamentos – melancólico, colérico, sanguíneo, fleumático – que representam “temperos” do comportamento humano, remonta a Empédocles, na antiga Grécia, que os relacionou aos quatro elementos naturais – terra, fogo, ar, água. Hipócrates os chamava de quatro humores. Posteriormente foram também estudados por Kant, Wilhelm Wundt, e mais recentemente pelo psicólogo inglês H.J.Eysenck.(1) Steiner aprofundou este estudo a partir da Antroposofia, e considera o conhecimento dos temperamentos essencial para o professor.

Continuar lendo “Os quatro temperamentos”

Da imagem ao conceito – da percepção à compreensão

No currículo Waldorf o ensino segue uma sequência metodológica progressiva

Texto de Jon McAlice

Desenho de aluno do 1° ano Waldorf.

No currículo da Escola Waldorf, como escola integral, existe uma sequência metodológica progressiva, nas disciplinas da 1ª à 12ª série, que constitui para cada aluno um verdadeiro plano escolar.

O modo como entendemos o mundo modifica-se ao longo da vida, e isso acontece de forma gradual. Começamos por compreender aspectos gerais, depois compreendemos suas particularidades e as relações entre elas e, só então, somos capazes de elaborar uma síntese através do pensamento.

Continuar lendo “Da imagem ao conceito – da percepção à compreensão”

O desenvolvimento harmonioso da criança como princípio

A Pedagogia Waldorf é um projeto educativo integral

IlustraçãoArtigo de Wenzel Götte

A criança é em si mesma um ser em desenvolvimento. A partir deste ponto de vista, toda a atividade pedagógica deve observar dois aspectos: que o desenvolvimento vem do passado e vai até o futuro, e que a criança se transforma ao longo deste processo; e que a criança que está diante de nossos olhos se encontra numa das etapas dessa transformação. Continuar lendo “O desenvolvimento harmonioso da criança como princípio”